Igreja Românica de Cedofeita

Igreja Românica de Cedofeita

É a igreja mais antiga do Porto, com origens que remontam ao século VI e a um rei desesperado para salvar um filho doente.

Classificada como Monumento Nacional e localizada junto a uma outra igreja maior e mais moderna, a Igreja de São Martinho de Cedofeita, vulgarmente conhecida como Igreja Românica de Cedofeita, destaca-se pela sua simplicidade e antiguidade.

A atual igreja não é, porém, o edifício original, já que o templo inicia, que dataria do século VI e da Dinastia Sueva, sofreu várias alterações ao longo dos anos. Os vestígios mais antigos seriam de finais do século IX, portanto anteriores à própria formação de Portugal, que só ocorreria no século XII. Terá sido depois de 868 (ano da reconquista da cidade aos mouros) que aqui foi construído um templo, cujos capitéis ainda resistem. Estes elementos foram construídos em calcário, provavelmente vindo da região de Coimbra, enquanto o restante edifício foi feito em granito. As partes mais baixas da capela-mor serão posteriores, datando já de cerca de 1087.

No entanto, a fase românica desta importante obra só surgiu mais tarde, já no período do reinado de D. Afonso Henriques, o primeiro rei português. Para além da antiguidade, esta igreja tem características arquitetónicas e decorativas únicas nesta região do país: particularmente importante é o tímpano no Portal Norte, onde se pode ver um Agnus Dei (cordeiro místico que simboliza Cristo no Apocalipse), bastante semelhante a outra que existe atualmente no Museu Nacional Machado de Castro, em Coimbra. As influências dessa região podem ser explicadas pelo facto de nesta obra ter trabalhado Soeiro Anes, que esteve também ligado à Sé Velha de Coimbra.

A lenda:

O rei suevo Teodomiro, desesperado para salvar o filho doente, fez uma promessa a São Martinho de Tours, enviando para Tours ouro e prata com peso igual ao do seu filho. No regresso, um bispo trouxe uma relíquia do santo e, quando esta foi mostrada, o doente curou-se. Agradecido, o rei converteu todo o seu povo ao Catolicismo e mandou construir uma igreja em honra do santo. A igreja foi rapidamente construída, ficando conhecida como Cito Facta, que significa Feita Cedo. Desta expressão deriva o atual nome daquela zona: Cedofeita.

Informações:

Largo do Priorado, Porto

Horário: terça a sexta-feira:  16:00-19:00

 

(Visited 152 times, 1 visits today)
10 Janeiro, 2018 / , ,
Comments

Comments are closed here.

Publicidade
 Instagram #heyporto
  • Uma resistente do comrcio tradicional da Invictaporto portoblog portoenorte portoencanta
  • A Cantareira  local de passagem de muitos caminheiroscaminhodesantiago caminheiros
  • Vero na Fozporto portolovers portoenorte portoblog porto fozdodouro portofoz lovefoz
  • Na Mercearia Cerdeira ainda  assimporto portoblog portoencanta portoantigo lojasantigasportugal
  • azulejos azulejosportugueses azulejoportugus azulejosantigos tiles tileslover oldtiles tilesportuguese heyporto
  • Vitral da igreja do Cristo Rei porto igrejasdeportugal igrejaspelomundo igrejasecapelas
Subscreva a nossa newsletter!