Atualidade

Fantasporto 2018 – Cinema do mundo nos ecrãs do Porto
21 Fevereiro, 2018 / ,

Entre 20 de fevereiro e 4 de março, o Fantasporto – Festival Internacional de Cinema do Porto leva aos ecrãs do Rivoli 102 filmes inéditos, vindos de 60 países. Na 38ª edição deste evento, que está no top 25 dos melhores festivais de cinema mundiais, as curtas e longas-metragens chegam dos quatro cantos do mundo.

Antestreias europeias e mundiais, conversas com atores e realizadores, workshops e muitas horas com o melhor cinema independente. O Fantasporto está de regresso, divulgando filmes inéditos e dando a conhecer produtores e realizadores que dentro em breve serão mundialmente conhecidos e premiados. Sabia, por exemplo, que David Cronenberg, Peter Jackson Guillermo del Toro ou Danny Boyle receberam prémios no Fantasporto nos anos 80 e 90?

O festival tem quatro secções competitivas: Cinema Fantástico, Semana dos Realizadores, Orient Express e Cinema Português. Nesta 38ª edição destaca-se ainda a retrospetiva do realizador de Taiwan, Chang Tso-Chi, e uma mostra dos chamados Taiwan B-Movies dos anos 70 e 80, com filmes remasterizados.

 

Alguns destaques:

Al Asleyeen – Antestreia mundial deste filme egípcio, que reflete sobre o telemóvel e a sociedade tecnológica.

November -Representante da Estónia aos Óscares e premiado no Festival de Tribeca (EUA), é um filme sobre as tradições rurais e os seus monstros.

True Fiction- Antestreia mundial. Filme coreano sobre um jovem, protegido de um poderoso senador, com aspirações ao poder.

Uma Vida Sublime – Antestreia mundial. Do realizador Luís Diogo, uma história de terror original cujo protagonista tem a melhor das intenções.

The Charmer – Filme dinamarquês sobre o drama da integração dos imigrantes na Europa.

Glass Garden – Fábula fantástica sobre uma cientista que estuda as árvores e a sua interação fisiológica com os humanos. Antestreia europeia.

Les Affamés – Do cineasta canadiano Robin Aubert um filme que mostra outro lado de fantástico.

Ajin- Demi Human – Do Japão chega uma história fantástica sobre humanos que não morrem.

As sugestões de João Espírito Santo
15 Fevereiro, 2018 / , ,

É um dos mais famosos dentistas portugueses, com presença regular em programas televisivos e uma missão que o tem levado a revelar um lado solidário: fazer sorrir e cuidar da saúde oral, mesmo das pessoas em situação económica mais débil.

Em Portugal conhecem-no sobretudo como “Senhor Doutor” ou “Doutor João”, graças à sua participação num programa de televisão em que faz tratamentos dentários gratuitos aos mais desfavorecidos. Para além da das consultas e da investigação, tem dado aulas em escolas portuguesas e espanholas.

Nascido no Porto em 1979, João Espírito Santo estudou e trabalhou quase sempre na cidade, onde fundou e dirige a clínica Medical Art Center. Apesar de, por questões académicas e profissionais ter viajado muito durante os últimos anos, o Porto, e sobretudo a zona da Foz são a sua base. É aqui que tem a sua clínica e que reside e é nesta área que estão alguns dos seus locais favoritos. Casado e pai de três filhos, João Espírito Santo aprecia os pratos e restaurantes mais tradicionais, mas também não dispensa um passeio em família junto ao mar ou perto do Rio Douro.

  • Bar 

Casa do Livro (R. da Galeria de Paris, 85 Porto)

Fé Wine & Club (Praça D. Filipa de Lencastre nº1)

  • Restaurante

Cepa Torta

  1. de Gondarém 843, Porto
  • Um passeio

Pelos jardins de Serralves

Ou fazer um passeio de bicicleta da Foz até à Afurada, atravessando de barco e regressando pela ponte D. Luís

  • Local romântico

Jardins do Museu do Vinho Porto –  Rua de Monchique 94

  • Um segredo da cidade (local pouco conhecido)

Enroladinhos de fiambre na Casa Bacelar (Praça Dom Afonso V, 55, Porto) Filetes ou cabidela no Restaurante A Capoeira (Esplanada do Castelo 63, Porto) Capela de Santa Teresinha

 

Um dia no Porto com: Susana Ribeiro
6 Fevereiro, 2018 / , ,

Autora do blogue Viaje Comigo (www.viajecomigo.com), Susana Ribeiro tem passado os últimos anos a viajar pelo mundo. Mas é ao Porto, onde vive, que regressa sempre e, como pode ver pelas suas sugestões, esta é uma cidade que continua a surpreendê-la. Conheça as sugestões de Susana Ribeiro para um dia inesquecível no Porto.  

 

Pequeno-almoço

O Carvalhido é a área que reúne algumas das melhores confeitarias da cidade do Porto. A Nova Real é uma delas e o local perfeito para começar o dia com um pequeno-almoço com pães e pastelaria muito fresca. Como lá é tudo bom, dos salgados  aos doces, é difícil sugerir o que quer que seja. Olhe para as montras e delicie-se, mas aviso que a escolha não vai ser fácil.

 

 

Café ao meio da manhã

Não tomo café. Quando estou em viagem até me dizem, em jeito de brincadeira, que devo ser a única portuguesa, no mundo, que não bebe café. Mas, se for para um chá, a meio da manhã, podia ser na Tavi com vista para o mar, na Foz. E com um docinho a acompanhar.

 

 

Umas compras 

Quem diz compras, diz ver umas montras. E pode ir passear pela Rua Miguel Bombarda, onde tem o Centro Comercial Miguel Bombarda, com diversas lojas diferentes, e dezenas de galerias de arte para visitar. Aqui perto está também o Palácio de Cristal, que vale muito a pena para um passeio, se o tempo estiver convidativo.

 

Almoço

Ao almoço… uma francesinha! Assim tem o dia todo para queimar as calorias a mais. A Rua Passos Manuel já é chamada a rua das francesinhas, de tantas que são as casas que as servem… e o petisco também já se alastrou para a Praça dos Poveiros. Como toda a gente tem uma opinião diferente sobre qual a melhor francesinha, deixo ao vosso critério… Mas, se me pedem para escolher: as do Lado B são muito boas.

 

Umas compras

Na Rua de Guedes de Azevedo, 123, a Mercado Loft Store é uma perdição para quem gosta de artigos de decoração e com peças muito bonitas – que dão prendas muito originais.

 

Jantar

Depois das compras e de uma caminhada no calçadão da Foz, abre-se o apetite para o jantar. Mas, qual escolher? Sugiro o Wish (Largo Igreja da Foz) com comida tradicional e sushi ou o BH Foz (Avenida do Brasil) – que serve de tudo um pouco e fica de frente para o mar.

 

Copo

Hoje em dia, a noite na Baixa do Porto é muito passada nas ruas, mas quando está frio entro no bar Gin House: com bom ambiente e à semana muito tranquilo.

 

Dançar

Há pouco tempo descobri o bar da Embaixada Lomográfica do Porto (perto da praça Carlos Alberto) e o Garden’s (na travessa de Cedofeita). Ambos dão para conversar e para dançar.

Galeria da Biodiversidade – Centro Ciência Viva
6 Fevereiro, 2018 / , , , ,

Totalmente dedicada à Biodiversidade, a Galeria da Biodiversidade – Centro Ciência Viva é muito mais do que um museu. Juntando ciência e arte, este é um espaço moderno e pensado para criar experiências inesquecíveis. Até ao final de abril recebe a exposição fotográfica Photo Ark.

Este centro integra a Museu de História Natural e da Ciência da Universidade do Porto (MHNC-UP), constituindo, com o Jardim Botânico, um dos polos desta instituição ligada à Universidade do Porto. Localizada na mítica Casa Andresen – que inspirou a famosa poetisa portuguesa Sophia de Mello Breyner – a Galeria da Biodiversidade está rodeada pelo Jardim Botânico, que é também um ponto de visita obrigatório para amantes da ciência.

É um local onde as artes se cruzam com a biologia e a história natural, estimulando a interatividade e as experiências sensoriais. A exposição permanente integra 49 módulos expositivos e instalações, organizados em 15 temas principais que abordam vários aspetos da diversidade biológica e cultural, mas de uma forma praticamente única em todo o mundo. Desde os modelos mecânicos até às plataformas multimédia, existem várias formas de envolver o visitante em histórias sobre a vida contadas através da ciência, da literatura e da arte.

 

 

 

Arca de Noé fotográfica

Até 29 de abril, a Galeria da Biodiversidade recebe a exposição fotográfica da National Geographic Photo Ark, baseada no projeto de Joel Sartore. Há 10 anos, este fotógrafo traçou um objetivo: fotografar todas as espécies existentes em cativeiro, para criar um dos maiores arquivos de biodiversidade do mundo. Esta “Arca de Noé fotográfica” pretende sensibilizar o público a dedicar-se à conservação dos animais mais vulneráveis. Foram já retratadas mais de 7000 espécies e as melhores imagens podem agora ser vistas nesta exposição imperdível.

Informações:

Galeria da Biodiversidade

Rua do Campo Alegre, n.º 1191, Porto

Horário: de Terça a domingo, 10h00 às 18h00

Bilhete normal: 5€

Essência do Vinho: um brinde ao vinho português
6 Fevereiro, 2018 / , ,

De 22 a 25 de fevereiro, o Palácio da Bolsa recebe cerca de 400 produtores de vinho portugueses que darão a conhecer mais de 3000 vinhos de todo o país. A Essência do Vinho, que celebra nesta edição 15 anos de vida, é um evento imperdível para apreciadores de um bom vinho.

Os vinhos portugueses são cada vez mais apreciados e premiados internacionalmente. O caminho para a fama foi aberto há muitos séculos pelo Vinho do Porto, mas do Minho ao Algarve, passando pelos Açores e Madeira, há uma quantidade infindável de vinhos de qualidade que vale a pena conhecer.

A divulgação dos vinhos portugueses é o objetivo principal de um evento que já se transformou também numa referência obrigatória na agenda dos portuenses ou de quem estiver na cidade durantes esses dias.

A 15ª edição da Essência do Vinho conta igualmente com o “TOP 10 Vinhos Portugueses”, reunindo a seleção de vinhos mais pontuados por uma revista especializada. Estes vinhos serão avaliados por um júri de especialistas de várias nacionalidades, sendo eleitos os 10 melhores.

 

 

 

O evento tem 50 atividades paralelas, incluindo no campo gastronómico, contando com a presença de chefes com estrela Michelin e harmonizações com tapas.

A última edição do evento recebeu mais de 20.000 visitantes, 30% dos quais estrangeiros.

Informações:

Venda antecipada de bilhetes em www.essenciadovinhoporto.com (entrada diária e copo de prova: 20€). No local e nos dias de realização do evento, a entrada tem o custo de 25€.

22 de fevereiro / 15:00 – 20:00
23 de fevereiro e 24 de fevereiro / 15:00 – 21:00
25 de fevereiro / 15:00 – 20:00

O Porto de Catarina Beirão
15 Janeiro, 2018 / , ,

Tem 17 anos e as praias do Porto e Matosinhos são quase uma segunda casa para esta promissora surfista portuguesa e campeã regional feminina na categoria sub-18. A paixão pelo surf surgiu há cinco anos e já a levou a muitas praias nacionais e estrangeiras, mas é no Porto que estão alguns dos seus locais favoritos.

A atleta do Surf Club do Porto não esconde a sua paixão pelo mar e pelas praias do Porto, partilhando com os leitores do Hey Porto algumas das suas sugestões para dias bem passados na cidade.

 

Bar: Bonaparte, Avenida Brasil

Gosto do ambiente. Gosto porque é um bar tradicional na zona onde sempre vivi, por ter uns pregos ótimos, e porque vou lá com família e com amigos.

 

Restaurante– Picaba – Edifício Transparente- Comida saudável, em frente ao mar e à praia onde comecei a fazer surf. Os empregados conhecem-nos e fazem-nos sentir em casa. Tem um menu Surf e porque, por mais vezes que lá vá, nunca me canso.

 

Passeio: marginal da foz até à Ribeira – passear para mim tem que ser ao pé de água, e idealmente a ver o mar. Tenho a sorte de viver numa zona única do Porto, quase em frente ao mar, o que me faz fazer este passeio com muita regularidade. Um passeio que nunca se repete, porque o especial do mar é que nos faz sempre vê-lo de forma distinta. Há um cheiro inconfundível da maresia, e até nos dias de nevoeiro e frio a “ronca” (som proveniente do farol para avisar os barcos em dias de nevoeiro) torna este passeio único.

 

Local ideal para fazer surf: praia da Maceda (Ovar, Aveiro)

Adoro o acesso pelo meio da floresta e as falésias que constituem a praia. Parece mesmo um spot de sonho de surf!

 

Um segredo da cidade: Jardim das Virtudes – já foi menos conhecido… mas continua a ser um local com alguma magia. Lembro-me da primeira vez que lá fui e percebi a vista maravilhosa que este jardim tem. Uma vista para o nosso rio Douro e, ao mesmo tempo em plena Baixa, com o tribunal e o jardim da Cordoaria atrás. Não tenho dúvidas de que sempre que alguém lá vai pela primeira vez fica surpreendido por ter uma das vistas mais bonitas da nossa cidade.

12 MOTIVOS PARA COMPRAR O PORTO.CARD
9 Janeiro, 2018 / ,

Fique a saber porque o Porto.CARD pode ser a sua melhor compra para 2018!

 

1 – Preço atrativo

É possível comprar o Porto.CARD pedonal a partir de 6€ e se optar pela versão digital paga apenas 5,70€. E é vantajoso comprar 1 cartão de 1 dia sem acesso aos transportes públicos? Veja aqui um exemplo: no bilhete do cruzeiro de 1 dia ao Douro obtém um desconto até 20%. Na verdade poupa mais de 10,00€, já a contar com o preço do cartão.

 

2 – Com e sem transporte público

O Porto.CARD existe nas modalidades com e sem transporte público. Esta versão pedonal é uma excelente opção para quem já tiver carro ou pretender alugar carro, mota, bicicleta, etc. Tudo disponível no Porto.CARD. Se for o caso, pode aproveitar os descontos até 57% dos parques de estacionamento SABA.

 

3 – Acesso ilimitado e gratuito aos transportes públicos

Se optar por se deslocar nos transportes públicos, em qualquer uma das modalidades com transporte a partir de 13€, (1, 2, 3 e 4 dias), tem acesso ilimitado a todas as linhas do Metro e em toda a sua extensão, assim como nas linhas dos autocarros da STCP e da CP urbanos Trofa-Valongo-Espinho. O que não pode esquecer é de validar o seu título Andante Tour sempre que muda de linha e/ou de transporte.

 

4 – Oferta cultural e turística diversificada

O Porto.Card disponibiliza-lhe a mais atual e diversificada oferta cultural e turística: desde museus a monumentos, circuitos turísticos (a pé, de carro, de bicicleta, de mota, de mini-bus, de carro clássico, de barco, de veleiro, de helicóptero, de segway, de tuk tuk, de riquexó), são mil e uma as formas de conhecer o Porto com descontos muito interessantes. Os restaurantes e as lojas fazem parte dos mais de 170 pontos de interesse a descobrir no Porto.CARD

 

5 – Facilidade e comodidade na compra

Sabia que pode comprar previamente o Porto.CARD físico em short.visitporto.travel/portocard, nos Postos Oficiais de Turismo ou no balcão da Nova Câmbios do Aeroporto do Porto? Poderá também comprar o Porto.CARD digital em buyportocard.visitporto.travel ou na app (Porto Card – Official City Pass) e começar a usufruir do seu cartão logo à chegada ao destino. Dispõe de várias opções para a sua deslocação:  Metro, autocarros da STCP ou a reserva de um transfer com desconto Porto.CARD. É só escolher a modalidade mais conveniente!

 

 

6– Restaurantes de cozinha variada

No Porto.CARD encontra restaurantes desde a cozinha tradicional à cozinha de autor, esta última galardoada com 1 estrela Michelin. Obviamente que a francesinha marca presença em três restaurantes da especialidade, assim como outros tipos de cozinha. Descontos até 15%

 

7– Um mundo de circuitos turísticos

Sabia que no Porto.CARD encontra descontos em mais de 80 circuitos turísticos, que incluem passeios ao Porto ao Douro e ao Minho? Passeios Diurnos ou Noturnos? De autocarro panorâmico ou de teleférico? De Gastronomia ou de literatura? De arquitetura contemporânea ou pelo Centro Histórico? O difícil vai ser mesmo escolher. Descontos até 25%

 

8 – Conhecer o autêntico Vinho do Porto

Com o Porto.CARD tem a oportunidade de fazer a rota das 9 Caves de Vinho do Porto, ficar a conhecer a sua história e de fazer as provas deste vinho internacionalmente aclamado. O cartão oferece-lhe uma cave com entrada gratuita e nas restantes o desconto chega a atingir os 30%, de novembro a março.

 

9- Famílias com crianças

São muitos os locais a visitar em família e para divertir os mais pequenos com descontos até 50%. Aproveite para descontrair ou divirta-se com as crianças enquanto poupa muito dinheiro.

 

10 – Para os mais românticos

Se procura romantismo no Porto esta é a cidade de eleição. Com o Porto.CARD tem disponível os locais mais românticos a visitar, para desfrutar da boa gastronomia e para fazer compras para surpreender quem mais adora! Descontos até 20%

 

11 – Para os mais jovens

As atividade para os mais jovens marcam presença no Porto.CARD. Desde aulas de surf, ao Jet Boating, ao Canyoning e ao Rafting e aos percursos de jipe na natureza do Douro e do Gerês, são muitas as opções para os mais espíritos que procuram irreverência!

 

 

12 – Modalidades adaptadas às necessidades

O Porto.CARD existe em 8 modalidades: 1, 2, 3 e 4 dias, com e sem transporte, o que lhe permite flexibilidade na escolha do cartão mais conveniente. O facto de ser o cartão oficial da cidade oferece-lhe garantia e confiança.

 

Aconselhamento personalizado nos postos de turismo: Se optar por comprar o Porto.CARD nos postos oficiais de turismo será acolhido de forma personalizada por técnicos que conhecem muito bem a cidade e sabem indicar-lhe as melhores soluções para a sua visita. Não deixe de nos visitar e de se surpreender!

 

 

Sobrinho Simões – Um portuense que é o motivo de orgulho para a cidade
5 Dezembro, 2017 / ,

Em 2015 a revista The Patologist elegeu-o como o patologista mais influente do mundo. Manuel Sobrinho Simões é um apaixonado pelo Porto e um dos grandes motivos de orgulho da cidade onde nasceu em 1947.

É mundialmente reconhecido pelo trabalho desenvolvido na área do cancro da tiroide, mas também pelas escolas de Patologia que ajudou a fundar um pouco por todo o mundo. Fundador do IPATIMUP  (Instituto de Patologia e Imunologia Molecular e Celular da Universidade do Porto) – uma unidade de investigação reconhecida internacionalmente e que efetua anualmente centenas de consultas de diagnóstico para hospitais e institutos de oncologia da Europa e da América – é um verdadeiro workaholic, mas sempre atento e preocupado com as grandes questões do mundo que o rodeia.

Nascido numa família ligada à Medicina: o bisavô e o avô tinham sido médicos e o pai professor e investigador na área da Bioquímica. Nasceu em Paranhos, estudou na zona das Antas e no Liceu Alexandre Herculano, antes de se matricular no curso de Medicina da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto. Tal como já tinha acontecido no liceu, o seu percurso académico foi sempre pautado por excelentes classificações, tendo conquistado vários prémios de mérito.

Adepto do FC Porto, foi também praticante de hóquei no Estrela e Vigorosa Sport e campeão universitário de pingue-pongue.

Foi na Universidade do Porto que ganhou o gosto pela Patologia. O amor pelas viagens vinha já desde juventude, graças ao dinheiro dos prémios de mérito académico e alguma ajuda do avô. Já depois de casado, fez o pós-doutoramento em Oslo, na Noruega e seria a partir desta experiência internacional que viria a tornar-se conhecido internacionalmente.

Além de colaborar com universidades e hospitais de todo o mundo, é autor e coautor de centenas de artigos. Aos 70 anos, continua a ter um ritmo intenso de trabalho, mas sem descurar os netos e a restante família, com quem gosta de passar os tempos livres. Em criança brincava no jardim de Arca d’Água, mas atualmente prefere os passeios de bicicleta no Parque da Cidade.

 

 

Vinho do Porto: uma tradição de Natal
5 Dezembro, 2017 / ,

Em Portugal o Natal é sempre um bom pretexto para beber, comprar ou oferecer Vinho do Porto. Visitar as Caves do Vinho do Porto é a melhor forma de ter, na mesa ou na lista dos presentes de Natal, os melhores vinhos.

A diversidade é grande e cada tipo de Vinho do Porto se adequa a pratos e momentos específicos, pelo que o melhor é conhecer bem este vinho, porque só assim será capaz de o apreciar em toda a sua plenitude.

O melhor local para ficar a saber tudo sobre o Vinho do Porto são as caves, situadas em Vila Nova de Gaia. Era aí que, até ao século passado, atracavam os barcos rabelos, vindos das quintas do Douro com pipas de vinho, que seria depois armazenado nestes enormes armazéns situados junto ao rio, onde a luz e a humidade ajudam a que o sabor, a cor e a textura sejam apurados.

Hoje, as caves são locais quase obrigatórios para quem visita a cidade do Porto. Além de ficar a conhecer toda a história do Vinho do Porto e o percurso feito pelas uvas desde o Douro até ao momento em que chegam ao seu copo, terá também a oportunidade de provar e de comprar vários tipos de vinho.

A nossa sugestão de visita vai para as caves Ferreira e as Caves Sandeman.

 

CELLARS/ CAVES /BODEGAS

Ferreira

 

Avenida Ramos Pinto, 70, Vila Nova de Gaia

Horário: 10h00 – 12h30 / 14h00 – 18h00

 

 

 

 

Visita Clássica | Preço 10€ pax:
Visita às Caves, incluindo a Sala dos Pertences da Dona Antónia e o Museu, com prova de dois Vinhos do Porto.

Visita Dona Antónia | Preço 20€ pax:
Visita para pequenos grupos, com prova alargada e uma seleção de 5 Vinhos do Porto, num espaço reservado.

Visita Casa Ferreirinha | Preço 14€ pax:
Visita às Caves, com uma prova de três Vinhos do Douro DOP Casa Ferreirinha, produtora do famoso Barca Velha.

Sandeman

 

Largo Miguel Bombarda, 3, Vila Nova de Gaia

Horário:
Todos os dias | 09h30 – 12h30 / 14h00 – 17h30

 

 

 

 

Visita Clássica | Preço 10€ pax:
Visita guiada com prova de dois Vinhos do Porto Reserva

Visita 1790 | Preço 20€ pax:
Uma visita guiada que tem início no Museu Sandeman e finaliza com uma prova mais alargada de Vinhos do Porto, no espaço 1790

Visita “100 Anos de Tawnies  Velhos” | Preço 40€ pax:
Uma visita para descobrir a longa tradição da Sandeman no envelhecimento e blend de Vinhos do Porto. No final, uma prova compreensiva de um século de Tawnies – prova de 10, 20, 30 e 40 anos – num espaço reservado e intimista que também alberga a Coleção de Garrafas Antigas Sandeman.

 

Visita Premium | Preço 13€ pax:
Uma visita guiada pelas Caves Sandeman, com prova de três vinhos de categoria superior (Branco, Ruby e Tawny).

Pontos de interesse:
Coleção de garrafas Sandeman – mais de 60 exemplares de garrafas inglesas feitas à mão dos séculos XVII e XVIII.

Um mês a celebrar o Natal
4 Dezembro, 2017 / ,

Até 7 de janeiro, o Porto ilumina-se com as cores de Natal. De uma árvore gigante até às pistas de gelo, há diversão para toda a família.
As iluminações natalícias são já uma longa tradição na cidade do Porto, mas este ano chegam ainda mais longe, levando a magia da época festiva até outras ruas. Quase dois milhões de micro lâmpadas, néon e LED, em branco, dourado e azul vão fazer brilhar as ruas do Porto e servir de cenário às compras de Natal na Baixa e na Boavista, mas também em locais como a zona da estação de Campanhã, Bonfim, Marquês, Carvalhido e Foz.
O início deste período natalício tem lugar a 1 de dezembro, ao anoitecer, altura em que é ligada a árvore gigante colocada em frente ao edifício da Câmara Municipal, bem como as iluminações em todas as ruas. Nos Aliados o momento é assinalado com um concerto e com fogo-de-artifício. Mas quem perder este momento tem ainda muito para ver até ao dia 7 de janeiro.
Durante este período estarão também a funcionar duas pistas de gelo natural: uma na Praça de D. João I e outra na Praça de Mouzinho de Albuquerque (Rotunda da Boavista). Aqui estão também outros divertimentos para todas as idades.
E no dia 31 de Dezembro, como é habitual, a festa de Passagem de Ano tem como ponto central os Aliados, mas estende-se a toda a cidade.