Os grilos e a sua igreja ( O TRIPEIRO)

Os grilos e a sua igreja ( O TRIPEIRO)

Diz a lenda que, no local onde foi construída a , ouvia-se o constante cantar dos grilos. Por isso, a igreja é, ainda hoje, conhecida como a Igreja dos Grilos.

A lenda, que há muito é conhecida na cidade, conta que o templo jesuíta foi edificado no local onde existiam as hortas do Bispo do Porto, que doou estes terrenos à Companhia de Jesus. Um local que, devido à enorme abundância destes insetos cantores, era conhecido como o Campo dos Grilos. Assim, os portuenses nunca adotaram a designação oficial de Igreja de São Lourenço e desde que foi construído, no século XVI, este templo foi sempre conhecido como … Igreja dos Grilos.

Outra explicação, mais fundamentada com factos históricos, está relacionada com a expulsão dos Jesuítas do país, em 1759. A igreja e o colégio passaram a pertencer à Universidade de Coimbra, que acabaria por vender os edifícios à congregação dos Agostinhos Descalços, também conhecidos como “Padres grilos”, uma vez que a sua sede ficava na Calçada do Grilo.

A história do nome pode não ser consensual, mas a imponência da fachada e a riqueza do seu interior justificam uma visita.

Fonte: O Tripeiro 7ª Série Ano XXXIV número 5  – Maio 2015

(Visited 45 times, 1 visits today)
19 Setembro, 2018 / , , ,
Comments

Comments are closed here.

Publicidade
 Instagram #heyporto
  • Um dos pratos que mais sucesso faz o nosso cozido
  • Em aniversrio de um familiar fomos at  Maia conhecer
  • Tragam a vossa cara metade para um almoo maravilhoso
  • Novidades no CervaCafe A partir de hoje temos crepe de
  • Finalmente o Cantina 32! Sem dvida que no pode faltar
  • Comear bem o dia com uma bela fatia de bolo
Subscreva a nossa newsletter!