Ponte Luís I: uma questão sanitária

Ponte Luís I: uma questão sanitária

A ponte Luís I, uma das estruturas mais emblemáticas da cidade do Porto, foi construída no século XIX e é hoje considerada Património da Humanidade. No entanto, em meados do século XX, a ponte começou a mostrar preocupantes sinais de corrosão devido, nomeadamente, à passagem do elétrico no tabuleiro superior da ponte.

Mas havia aqui outro problema de corrosão. À noite, muitos dos homens que frequentavam os bares, quer do Porto quer da Ribeira, utilizavam a parte final do tabuleiro da ponte para “fazer xixi”.

Em 1954, Edgar Cardoso ficou encarregue dos trabalhos de recuperação da ponte e arranjou uma solução genial para acabar com a corrosão e o cheiro nauseabundo. O engenheiro, aproveitando a cor da ponte, colocou na parte final do tabuleiro da ponte umas chapas metálicas com uma ligeira dobra. Ou seja, quem durante a noite procurasse satisfazer as suas necessidades naquele mesmo local, via o “xixi” devolvido, diretamente, para as suas calças.

Discreto mas eficaz até aos dias de hoje.

 

(Visited 55 times, 1 visits today)
11 Agosto, 2019 / ,
Comments

Comments are closed here.

Publicidade
 Instagram #heyporto
  • Dans les ruelles de Ribeira
  • Jancido pretoebranco pretoebrancofotografia pretoebrancoemfoto pretoebrancolovers portugalovers portugalapretoeabranco portugalapretoebranco heyporto heyporto
  • Les touristes en bateau
  • Capela de Santa Catarina e Nossa Senhora dos Anjos em
  • paseandoporportugal con lauradronne       Rua
  • Winter light
Subscreva a nossa newsletter!