Fonte da Colher

Fonte da Colher

Será uma das mais antigas fontes da cidade. Não esta que hoje podemos ver ao fundo das escadas do Monte dos Judeus, e deverá remontar a meados do século XIX, mas a sua antecessora, instalada no seculo XIII ainda na praia de Miragaia, para uso comunitário.
O nome “da colher” virá do imposto que se tinha de pagar pela entrada dos produtos na cidade (medidos numa colher); ou segundo outras versões, pela colher (de madeira ou metal) com que se dava a água a beber. Mas a fonte atual continua a ser uma relíquia, com a sua estrutura em granito e estranhamente rematada com a varanda de uma casa. Está classificada como imóvel de interesse público, mas merecia melhor visibilidade.

A sua água foi em tempos considerada “como a melhor em qualidade que teve a cidade”. Pode-se avaliar da antiguidade desta fonte pela leitura da legenda, hoje quase impercetível, que foi gravada na lápide da frontaria ” Louvado seja o santíssimo Sacramento e a Puríssima Conceição da Virgem Nossa Senhora, concebida sem pecado original. 1629. A água d’esta fonte é da Cydade”

Fonte: O Tripeiro 7ª série Ano XXXVII Número 3 Março 2018

(Visited 13 times, 1 visits today)
18 Setembro, 2020 / ,
Comments

Comments are closed here.

Publicidade
 Instagram #heyporto
No images found!
Try some other hashtag or username
Subscreva a nossa newsletter!