Sé do Porto: a joia da cidade

Sé do Porto: a joia da cidade

A Sé do Porto começou a ser construída no século XII, mas ao longo dos séculos foi recebendo influências do Renascimento, Barroco e Rococó.

Só a arquitetura da Sé do Porto é suficiente para que seja considerada como uma das joias da cidade. Ao Gótico da construção inicial, visível no claustro e na Capela de São João Evangelista, junta-se o Maneirismo da Capela do Santíssimo Sacramento e seu altar de prata. O barroco do século XVIII está presente nos frescos da capela-mor e na sacristia, da autoria de Nicolau Nasoni, bem como nos azulejos do claustro.

O interior da Sé é um verdadeiro tesouro, com mobiliário de valor incalculável, onde se incluem mesas e lavatórios em mármores raros, as guarnições de espelhos, armários e um relógio de pau-preto em estilo Rococó.

No exterior, o Terreiro da Sé que é enquadrado pelos edifícios da Catedral, Casa do Cabido, Paço Episcopal e Casa da Câmara. É um dos miradouros privilegiados da cidade, já que dali é possível avistar a zona do Barredo, o Rio Douro e a cidade de Gaia.

(Visited 435 times, 1 visits today)
6 Março, 2017 / ,
Comments

Comments are closed here.

Publicidade
 Instagram #heyporto
No images found!
Try some other hashtag or username
Subscreva a nossa newsletter!