Os espanhóis no Porto

Os espanhóis no Porto

A proximidade geográfica, sobretudo com a Galiza, criou desde tempos remotos condições para a existência de fortes relações entre os espanhóis e a cidade.

As origens do Porto e da Galiza são partilhadas, já que terão sido surgido ainda no século I d.C., quando a zona a Norte do Rio Douro era habitada por povos Calaicos. Quando a Península Ibérica foi conquistada pelos árabes, muitos habitantes refugiaram-se na Galiza e daí terá partido o repovoamento do Porto. O primeiro bispo do Porto tinha sido cónego em Compostela; o primeiro foral do Porto foi outorgado em 1124, ainda antes da própria fundação de Portugal enquanto país.

Entre os séculos XVI e XVII intensificou-se o comércio com a Galiza; posteriormente, as trocas comerciais seriam alargadas a zonas mais distantes, como a Andaluzia, Castela ou Barcelona. A emigração ente os dois países, motivada por razões políticas ou económicas, foi constante ao longo dos séculos. E a própria revolução liberal portuguesa (1820), que teve o seu epicentro no Porto, foi muito influenciada pela revolução espanhola. O primeiro vice-cônsul espanhol chegou à cidade em meados do século XVIII e no século XIX a colónia espanhola no Porto representava cerca de 60% do total de estrangeiros.

7 Maio, 2017 /
Comments

Comments are closed here.

Publicidade
 Instagram #heyporto
  • heyporto porto portugal
  • porto heyporto
  • Hey dont let the rain stop you! Get our umbrellahellip
  • Our french friends sent us a picture of them readinghellip
  • Jardim Tefilo de Braga better knwown as Praa da Repblicahellip
  • Always next to you heyporto porto newspaper citynews
Subscreva a nossa newsletter!